top of page

blog

eu gosto de inventar palavras

blog

eu gosto de inventar palavras

blog

eu gosto de inventar palavras

  • Foto do escritorwarzeé

É isso. Tudo foi-se dito. Não há mais nada, nenhum segredo. Ele começou e ele disse tudo. E é exatamente o que eu sinto. Que merda.


3h31. Levantei da cama. Depois de 1h conversando do lado de fora do navio, resolvi ser eu. Cansei de tudo isso. Estou no corredor. Errada? Não sei, provavelmente sim. Certeza que sim. O que eu tô fazendo? Não sei, mas preciso. A confusão toma conta de mim. Fico e espero? Durmo? Mas como dormir depois disso? E se não for ele assim que abrir a porta? Não sei mais de nada. Acho que vou voltar a dormir. O chuveiro parou. É agora.


Esperei a porta do banheiro abrir. Bati. Duas vezes. Era ele. Um suspiro. Um abraço. Uma despedida.


3h45.





01 de abril de 2016 | 03:26 - corredor do navio


0 visualização0 comentário
bottom of page