top of page
  • Foto do escritorwarzeé

Vai restar?

A verdade é que o que é real, permanece. Independente de qualquer circunstância que a vida possa propor. Ou impor.


Hoje me bateu um desespero. Um desespero sincero: E se tudo se esmaecer, o que é que vai restar? Os amigos, quais serão? A rotina, a mesma? Os lugares, desconhecidos? Haverá algo? Será que sempre foram amigos? Será que era esse caminho a ser seguido? Será que o seu lugar não era em outro lugar? E qual o seu lugar? Ele ainda vai estar lá? Vai restar? Tudo isso vale a pena?

Sei que por hoje, sim.

Hoje não me sinto completa. Me sinto instável, amedrontada, afrontada. Me sinto pequenininha. Como se a qualquer minuto, fosse ser esmagada. Pisoteada. Esquecida.


A verdade é que o que é real, não padece.

Sinto tanto medo que o presente se esvaia. Suma. Tudo está tão certo. Tão real. Tão bonito. Tão como deveria ser. E esse é o problema. Somos obrigados a nos obrigarmos a desacreditar. Por que tudo deve ter um fim? Não deve.

E não terá.




18 de julho de 2016 | 20:30 - quarto viagem


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Rudy's

Primeira vez que venho num bar sozinha. Quer dizer, alguém vem me encontrar, mas aqui estou eu, sentada no balcão. Sem desviar o olhar do que escrevo agora. O ouvido atento esperando a vida encontrar

Bendita

A vida não é um sopro. É mais um capítulo. É tempo suficiente. A vida é um novo caminho. Uma nova chance. A cada amanhecer. É presente divino. Dedica-te e não sentirás que o amanhã chegou depressa. Ac

Vado Cavalo

Meu amigo postou uma foto num cavalo e acabou que fiz um texto inteiro pro Vado. E até rimou. Rimou? Vado talvez nunca leia isso. Vado foi o cara que me ensinou, em muito pouco tempo, muito sobre cava

bottom of page