top of page
  • Foto do escritorwarzeé

Vado Cavalo

Meu amigo postou uma foto num cavalo e acabou que fiz um texto inteiro pro Vado. E até rimou. Rimou?


Vado talvez nunca leia isso. Vado foi o cara que me ensinou, em muito pouco tempo, muito sobre cavalos. E, sem saber, muito me ensinou enquanto eu galopava, correndo a pé, do meu lado. Sim. Enquanto a gente galopa, o Vado corre do nosso lado. Vado, já fez questão de almoçar mais tarde, pra me ensinar a saltar.


“Você tá pegando o jeito, não podemos parar agora.” ele disse, quando a aula já tinha passado de uma hora. Nem sei se ele almoçou nesse dia. E depois disso, veio a pandemia. A saudade me acompanha por todos esses meses que estou sem montar. Mas, escrevendo esse texto, pensei, pela primeira vez: e se Vado não estiver lá quando eu voltar? Só de pensar, dá vontade de chorar.


Vado talvez nunca soubesse disso. Mas quando puder o encontrar de novo, sem todo esse atropelo, não vou me esquecer de dizê-lo: Vado, você me fez saltar!




11 de novembro de 2020 | 18:12

quarentena

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Rudy's

Primeira vez que venho num bar sozinha. Quer dizer, alguém vem me encontrar, mas aqui estou eu, sentada no balcão. Sem desviar o olhar do que escrevo agora. O ouvido atento esperando a vida encontrar

Bendita

A vida não é um sopro. É mais um capítulo. É tempo suficiente. A vida é um novo caminho. Uma nova chance. A cada amanhecer. É presente divino. Dedica-te e não sentirás que o amanhã chegou depressa. Ac

“O mundo está ao contrário e ninguém reparou”

Ou será que a questão é fazer questão de edificar o caos? E se de repente todo mundo enxergou? Você faz parte de qual? O primeiro passo para a ignorância é se recusar a ouvir. O segundo, é falar demai

bottom of page